sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Se para você é tudo é ''real'', por que você faz tanta questão de ''combater'' certas coisas?

Este texto parte de um paradoxo: para mudar/modificar determinada situação, é preciso não se ''mexer''/reagir tanto...
Bom, você replicaria: então QUANDO é que as coisas vão mudar em minha vida?
Acredito que, quanto mais você REAGE, mais fica ''PRESO/A'' a uma dada circunstância. Chamo isto de ''princípio da areia movediça''( quanto mais você se debater, mais vai afundar...).
Para mudar, precisamos nos ''içar''/''alçar'' para um nível superior...
A forma mais ''suave'' de se fazer isto é através da criação de uma realidade ''paralela''( a que se quer ), com o intuito de ''minar'' por dentro o que queremos deixar...
Chamo isto de ''infidelidade'', porque o princípio é o mesmo: você é ''fiel'' quando só pensa em uma coisa ou pessoa, e ''infiel'' quando volta seus olhares e mente para outras coisas ou pessoas...
Partir do pressuposto de que ''não queremos'' algo nos deixa ''estáticos'', parados/as.
O ''não querer'' é uma negação, não uma construção/criação...
O raciocínio é o mesmo: amor e ódio nos prendem/unem a situações ou pessoas. Nos dois casos, você não está usando suas energias para buscar algo novo. Quando ama, isto é até esperado. Você já tem o que quer( ao menos o que pensa que quer...). O que odeia está preso, pois pensa em combater para ''melhorar'' ou ''reformar'' a realidade que o/a desagrada...
A ''não-reação'' pregada por líderes espirituais ou políticos como Cristo, Buda, Gandhi, Martin Luther King e Nélson Mandela não é apenas uma vaga defesa de ''ser bom''.
Reagir, defender um ''olho por olho'' ao melhor estilo das antigas Leis de Talião, pode prolongar indefinidamente vários conflitos. Que o digam judeus e palestinos...
Você quer ''mostrar que está certo/a'', e que outra pessoa está ''errada'', ou atingir o que mais quer?
Para atingir o que você quer, uma atitude propositiva pode ser bem mais útil.
Falo em uma ''intensificação de desejos''...
Se você desejar fortemente algo, e fizer disto a razão de sua existência, fatalmente conseguirá isto...
''Querer é poder''...
Falo em atitudes simples: um ''distanciamento emocional'' daquilo que você quer deixar, a maior INDIFERENÇA possível...
Para complementar: no lugar disto que você ''não quer'', você vai colocar- mentalmente, de início- os seus sonhos.
Simples assim: você só pode fazer a cada instante uma destas duas coisas. Combater o que ''não quer'', aquilo de que ''não gosta'', ou alimentar mentalmente aquilo que quer...
Pergunte-se, o tempo todo: estou lutando CONTRA o que ''não quero'', ou estou concentrado naquilo que mais quero?
Perceba que a natureza não lida bem com ''dualidades''. Cedo ou tarde, uma das duas situações prevalecerá- aquela em você colocar mais ''força''    ( entendida de modo figurado...).
Simples, não?
O que você prefere fazer, de agora em diante?
Alcnol.

Quanto mais você resistir, mais vai piorar...

''Fomos acostumados desde cedo a ''combater'' as coisas de que não gostamos. Tal atitude funciona, por um tempo...Chega a época em que já não há nenhuma figura de autoridade em sua vida( pai, mãe, avós, tidos)para resolver os seus problemas.
Você tenta ''lutar'' contra o mundo e, em pouco tempo, chega à conclusão de que ''perdeu''...
Pessoas ''magoadas'' passam a reclamar de tudo. Mostram o seu descontentamento de todas as formas. Tal atitude é útil, para os seus propósitos?''
Veremos no próximo post...A seguir...
Alcnol.

Valeu todo o FRIO que tivemos de passar lá no deck do ônibus? Bom, ao menos deu para fotografar o prédio da ONU...Ei-lo...


Passeio no segundo andar de um ônibus turístico em Nova Iorque. Bom? Só se for para ter uma crise de hipotermia...


E o touro lá nas proximidades de Wall Street? A fila para tirar fotos ao seu lado não para...


Passeio de õnibus turístico por Nova Iorque...


quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Um passeio de ônibus turístico por Nova Iorque parecia ser uma boa ideia. Mas é rápido, e com AQUELE frio...

Das fotos também se aproveita pouca coisa...
 

Onde fica isto? Honestamente, não lembro mais...


Times Square: porque nunca sabemos exatamente se é dia ou noite nesta área repleta de muitas luzes...


Times Square: porque não curtimos muito iniciativas como a tal ''Lei Cidade Limpa'', de ão Paulo...

Saudades do tempo em que víamos imagens semelhantes na capital paulista...
Claro que não estamos falando do relógio, no lado esquerdo da imagem...
Alcnol.

Ainda no Central Park...


quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Central Park...


Continuação do passeio pelo Central Park...


Central Park, em uma gélida manhã ensolarada de inverno...

Não se engane com o sol: estávamos com mantas na charrete...
Luvas também não cairiam nada mal...

Toda a estrutura da ponte, vista do lado de fora...


Embaixo da ponte, no Central Park- continuação...


Embaixo da ponte, no Central Park...


terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Algo para afirmar no momento do seu triunfo...

''Consegui, porque NÃO SABIA que isto era ''impossível''...
Existem coisas ''impossíveis''?
Qualquer coisa que qualquer ser humano já tenha conseguido fazer até hoje, na História da Humanidade, reside, para mim, na esfera do ''possível''...
Além disto, restam alguns recordes a ''quebrar''...
Alcnol

O Universo é um ''potencializador de sonhos''...

O momento ideal de ''entregar a Deus''( ao Universo, à Vida, à Existência)é quando aquilo que ansiamos estiver ''semi-pronto''...
Ou seja, primeiro preparamos o ''bolo''. Assamos. Fazemos tudo o que for minimamente necessário.
O ''acabamento'', o ''toque final'' é com ''ele''/''ela''...
''Entregar a Deus'' nunca pode ser uma desculpa para não fazer nada.
Como temos um ''pacto'' de não-intervenção com o Criador, que nos concedeu pleno livre-arbítrio, este ''pacto'' só será rompido com a nossa permissão/autorização.
A intervenção da Força só ocorre não para fazer algo em nosso lugar mas, conhecidos os nossos planos e intenções, para potencializá-los. Melhorá-los...
Se você tiver um sonho, entregue-o ao Universo. Este imenso ''potencializador de sonhos''. Mas não deixe de repetir a simples fórmula: ''isto, ou algo AINDA MELHOR''...
Você vai se surpreender com os resultados...
Alcnol.

A Vida auxilia projetos, ideias em ação, e não pessoas...

''Se você quer ser escritor, escreva. Se quer ser jogador de futebol, chute bolas. Se quer ser um fotógrafo, primeiro fotografe.
O Universo não auxilia pessoas em conflito consigo mesmas, que não sabem direito o que querem.
O Universo auxilia, e impulsiona, pessoas com sonhos, ideias, projetos em ação...
Se você quer saltar de asa delta, primeiro prepare-se. Vá até o alto do morro. Ponha o equipamento. Só depois, em pleno voo, você poderá contar com uma ''ajudinha'' do Universo. 
''Entregue-se'', que a Vida fará todo o resto...
Importante, contudo, é primeiro começar a fazer- seja o que for...
Alcnol.

E o presente? O presente é, na verdade, o passado...

Pouco importa sabermos sobre o presente. Na verdade, o presente reflete o que você fez até aqui...
Está bom? Poderia ser melhor?
Mesmo se estiver bom, a seus olhos, sempre dá para melhorar...E ,se não estiver, aí então é que novos projetos se fazem necessários...
Se não estiver do jeito que você quer, ignore-o o máximo possível. Aja como se estivesse frente a um ''estranho''( ''chato''). Aja como se ele fosse invisível...
É aos seus projetos, próximos passos, que você deve voltar toda a sua atenção...Coloque toda a sua emoção nestes ''sonhos''. Alimente-os. Trate-os com ''carinho''. Volte-se para eles como se eles fossem seus próprios ''filhos''.
Quanto menor for a sua ''resistência'' ao seu presente ''desconfortável'', mais fácil será a sua TRANSIÇÃO rumo ao futuro...
''- Quem é você?'', perguntam-me.
''- Sou um ser humano EM TRANSIÇÃO'', respondo.
''- Ser ''circulante''. Em trânsito. Em ''viagem''...
Sempre tive a sensação de que as pessoas que mudam( de cidade, de emprego, etc.)são as mais felizes...
Alcnol.

É para você mesmo/a que você tem, inicialmente, de ''vender o seu peixe'' se quiser resultados melhores...

''Todas as grandes ''batalhas'' se dão em primeiro lugar na nossa própria mente.
É a nós mesmos que teremos de, inicialmente, convencer se quisermos obter grandes resultados...
Lembram-se daquilo que falei sobre ''sonhos grandes''?
''Sonhos pequenos, resultados pequenos. Sonhos grandes, resultados enormes''...
Seja quem for, se você sair de casa pela manhã pensando apenas em ''ganhar o próprio pão'' talvez não consiga nem isto...
Será que este seu sonho será capaz de motivá-lo/a o suficiente?
Se você for um/a corredor/a de fórmula 1, e não tiver o propósito de ser o/a primeiro/a, nunca igualará ou superará as ''performances'' de Senna e Schumacher...
Se você não for para uma prova com o desejo de atingir o ''primeiro lugar'', seus resultados provavelmente serão decepcionantes...
Quando falo em um ''sonho'' grande( um plano ''grande''), isto não quer dizer que as coisas se darão exatamente da forma como ambicionamos. Não temos o controle de tudo. Há, como sempre na vida, espaço para algumas ''margens de erro''...
Mas é igualmente importante sonharmos alto, ambicionarmos grandes coisas, se quisermos motivar- em primeiro lugar- a nós mesmos...
Simplesmente acordar não motiva ninguém. Nem a ler esta simples linha. 
Agora imagine um dia em que você tomou café pela manhã na Casa Branca, em reunião com o Presidente dos Estados Unidos. E depois pegou o seu jato particular para fazer um safári no Quênia, finalizando o dia em seu apartamento em Tóquio, ao lado da pessoa dos seus sonhos?
Deu um ''arrepio'' ou não?
Sonhos existem para nos dar estes ''arrepios''. Se o seu não for capaz disto, refaça-o.
É dentro de nós mesmos que todas as coisas começam.
Motive-se com um ''sonho grande''. Alimente-o. A ''realidade'' é algo apenas para os que já ''chegaram lá''( tem tudo o que querem), ou para os que ficam comentando sobre as próprias ''mazelas''( fazendo um ''levantamento'' disto...).
Se quiser FAZER MAIS coisas, primeiro SONHE MAIS- e melhor...
A MENTE COMANDA. O CORPO É UM MERO EXECUTOR...
Alcnol.

Me entedio com as pessoas que falam sobre o que ''são'', ou perguntam aos outros a mesma coisa...

''O que você ''é'' é óbvio. Manifesto.
No entanto, me interessam mais as pessoas que estão sempre pensando em seus projetos. As sonhadoras. As visionárias.
Estes são os ''construtores'' do futuro. Do seu. Do nosso.
Colocando em números, o que entendemos como ''presente'' significa apenas uns 10% do que a realidade realmente é.
Enxergamos o que outras pessoas no passado sonharam e realizaram( carros, aviões, computadores, prédios vistosos )...
Se você olhar para o presente estará, na verdade, com seus olhos voltados para trás...
É para a frente que você deve mirar, se não quiser- literalmente- ficar para trás...
Quando perguntarem o que você ''é'', replique com aquilo que você está empenhado em concretizar( um novo emprego, uma mudança, viagens, um livro que sequer saiu ainda do papel, a pessoa ao seu lado pela qual você está interessado, etc...).
A vida é movimento. E quem não estiver em movimento- neste exato momento- perece...
Você já imaginou alguém capaz de sobreviver na água sem se mexer?
O planeta Terra é 90% constituído de água...
Para onde você ''nadando'' neste exato momento?
Alcnol. 

Passeio pelo Central Park em um ''gélido'' dia ''ensolarado''...


segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Sonhos ''grandes'' ou ''pequenos'' custam o mesmo esforço mental. Quais você prefere cultivar?

Os sonhos, sejam ''grandes'' ou ''pequenos'', não influenciam o exterior- ao menos inicialmente.
É a nós mesmos que eles impulsionam...
Sonhos ''pequenos'', motivação idem.
Sonhos ''grandes'', e estaremos dispostos a ''morrer no campo de batalha'' para atingi-los...
O que você prefere?
Alcnol.

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Se for para ''perecer'' no campo de batalha, que seja lutando pelo máximo: pelo maior ideal possível...

''Algumas derrotas podem ter dado a você a impressão de que talvez seja necessário ''reduzir'' o tamanho dos seus sonhos. Ser mais ''realista''.
Mas um sonho ''pequeno'' não é mais ''fácil'' de ser realizado do que um ''grande''...
Se for para entrar no ''campo de batalha'', no qual o único resultado será perecer ou sair vitorioso/a, que a sua motivação seja a de alcançar o maior dos ''troféus''...
Sonho ''pequeno'', motivação pequena.
Sonho ''grande'', motivação enorme...
O que você prefere?
Alcnol.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Qual é o seu tamanho?

Não me refiro, logicamente, ao seu tamanho físico. Pouco importa se você é alto/a, baixa/a.
Pergunto como você está por dentro, á véspera das transformações radicais que quer realizar na própria existência...
Ser ''pequeno'', sob este ponto de vista, é olhar apenas para o ''real'', o presente, com todas as suas falhas e deficiências...
''Grande'', para mim, é aquela pessoa que sabe que não cabe dentro de ''aquários''- e que só lhe restam oceanos para navegar...
''Grande'' é aquele ser que é auto-referente, e que avalia os outros seres e as outras coisas em termos dos seus próprios padrões...
Se você sabe o que quer, saberá também julgar se algo é ''pequeno'' demais para você, ou se está à sua altura.
''Grande'' é aquele ser que tem limites bem estabelecidos, e que não admite regredir nem fazer algo que está abaixo das suas potencialidades...
Sei. Todo mundo tem que ganhar o ''pão'' no dia-a-dia. Muitas vezes, sim, temos de aceitar situações que não desejamos, tarefas abaixo das nossas capacidades. O nome disto é ''trabalho''...
Porém, se você é forçado a fazer algo no plano físico/material, sua mente continua livre para pensar o que quiser, para buscar o que mais quer fazer nesta vida.
Mesmo que você faça algo, isto não quer dizer que você ''é'' aquela coisa...
Não ''caiba'' em aquários nem em situações ''pequenas''...
Note que, à medida em que você postula ingressar em uma nova realidade, uma ''batalha invisível'' se trava entre dois mundos: o atual e o futuro. Qual você deseja alimentar? Ver crescer?
O ser ''grande''- não importa se ''rico'' ou ''pobre'', pois estas são situações transitórias, passageiras- sempre tem o olhar voltado para a frente...
Antecipa as próprias passadas, assim como a de seus ''adversários''( o maior dentro da nossa própria mente ).
O ser ''grande'' não reage, pois isto é próprio dos fracos. Não combate. Não reclama. Não faz cara feia diante dos inimigos.
Focado em seus planos, é tido/a como ''distraído'', ''alheio'/a' ao que está se passando. Na verdade, tudo o que ele/a está preparando neste momento é o instante ideal do ''bote''- no qual ele/a irá arrebatar, infalivelmente, a sua ''presa''( o que ele/a mais anseia...).
Você é ''grande'' quando, por conta de seus projetos particulares, ''dispensa'' coisas que não combinam com isto.
Tudo começa em você, e algo só tem validade se for bom para você- mesmo que todos os outros digam o contrário...
Para ser ''grande'' no plano exterior, e não apenas em termos de posses materiais, é necessário começar a sê-lo por dentro...
Alcnol.

Tempo ensolarado, céu azul: parecia fazer ''calor'' aquele dia, certo? Na realidade, uma ''luvinha'' não cairia nada mal...A temperatura só era ''positiva'' em graus fahrenheit...


Dia seguinte: passeio no Central Park, à bordo de uma daquelas bicicletas conduzidas por um terceiro...

Falam na proteção aos cavalos. E na proibição subsequente do uso turístico de charretes para passear por esta região do Central Park.
E quanto aos humanos, que carregam passageiros em suas bicicletas ao melhor estilo ''riquixá''( comum no Oriente)?
Não deve ser nada fácil a sua situação...
Mas estas reflexões eu só fiz APÓS a realização deste passeio...
E o ''custo-benefício'' foi bem pequeno, uma vez que nem chegamos à metade do parque- por um custo de 50 dólares por cabeça...
PS: Olhando para a sombra, no chão, você pode ver o reflexo do nosso condutor...
Alcnol.

''Enchendo'' ou ''esvaziando'' seus ''balões''( situações de vida )...

''Duas formas ,ao menos, existem para se lidar com uma determinada situação: a primeira é combatê-la, ''bater de frente''. Você se ''escandaliza'', ''arma um barraco'', reclama para todo mundo, busca apoiadores para a sua ''causa''.
Por outro lado, existe uma forma mais ''suave'' de superar alguns dos seus problemas. Não descartamos a priori nenhuma das táticas- muitas vezes o melhor pode ser mesmo o combate frontal e direto- mas noutras horas uma outra abordagem pode se tornar necessária.
A situação é análoga à do jogador de futebol habilidoso, e muitas vezes franzino- como Messi e Neymar- que ''dribla'' seus adversários a caminho do gol...
Ao invés de ''lutar'' contra o que o/a aflige, você ''contorna'' os problemas.
Como fazer isto?
Coloque sua emoção no que quer, e não no que não quer...
''Esvazie'' o ''balão'' dos seus problemas, introduzindo uma nova ''realidade''- presente, por ora, apenas potencialmente...
Alimente seus projetos, coloque toda a sua emoção neles, de tal forma que a situação presente( e ''desconfortável'')seja esvaziada gradualmente como um ''balão''...
Aqui cabe uma metáfora ainda mais detalhada: você ''retira o ar'' de um balão, enquanto ''enche''' o outro ( aquele cheio das coisas que você QUER...).
Vantagem do método ''suave'': você nem sente que está mudando, primeiro por dentro...Não se irrita tanto, não se desgasta, concentra seu FOCO no que está por vir- graças às suas ações...
E se sente BEM melhor...
E, como sabemos, emoções agradáveis ATRAEM eventos similares...
Será que funciona?
O que você tem a perder?
Alcnol. 

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

A mesma praça que vimos antes de chegar a Wall Street, agora muito mais ''animada'' à noite...


Além das ciclovias, a ''moda'' das faixas exclusivas para ônibus está chegando a Nova Iorque...


Nas imediações de Wall Street: ''Olha o touro aí! Todos querem tirar fotos junto ao touro''...


Próxima parada: Memorial do 11 de Setembro...


''Alinhando-se'' com os seus sonhos...

''Você ainda não conseguiu o que mais quer. E considera que  está bem longe de conseguir isto.
Quem tem de se ''adaptar'': você, ou os seus sonhos?
Um ''fracasso'' inicial tem o poder de derrubar muitas aspirações. Muitos se tornam céticos, irônicos, passam a ter medo de expor em público o que mais querem.
Pior é quando, até mesmo por dentro, você se conforma a algo que, em sua opinião mais íntima, é ''medíocre''...
Alguns até ''racionalizam'' a coisa, fazendo comentários ''críticos'' sobre o que antes apreciavam...
Não vai faltar ''plateia'' para isto...
Se, por outro lado, você ainda não se ''entregou'', eis algumas ideias para reflexão...
Acredito que não existem sonhos ''grandes demais''. Nós é que podemos AINDA não estar à altura deles.
Como isto se dá?
Tudo, sob este ponto de vista, se dá no plano INTERNO...Você afirma querer algo, mas não está por inteiro dedicado/a a conseguir isto...
Alguns atribuem isto à ''falta de esforço''. Sua proposta, praticamente monocórdica, é ''botar um pouco mais de empenho'' em ação.
Funciona?
Às vezes sim. Para várias destas pessoas funciona, motivo pelo qual elas estão sinceramente convencidas sobre a eficácia disto...
Esforço, porém, é resultado, consequência. Se, por dentro, você estiver honestamente convencido/a de que irá conseguir algo, nada será capaz de impedi-lo/a...
A mente decide. O corpo segue...
A este estado de (auto)convencimento, convicção, eu chamo de ''alinhamento''.
Seu sonho é ''grande''?
Então pergunto: você se comporta de modo ''grandioso'' no dia-a-dia?
 Você se sente bem quando está próximo/a àquilo que diz desejar?
Se forem bens, dinheiro, você se sente bem naqueles ambientes luxuosos( shoppings, restaurantes, regiões da cidade), ou resmunga volta e meia sobre como as coisas andam ''caras''?
Você quer aquele cargo ''top'', ou preferiria no íntimo ''largar tudo'' e fazer um ''ano sabático''?
Você deseja de fato aquela pessoa, ou pensa mais no que seus conhecidos dirão quando o/a virem ao lado dela?
Sonhos ''grandiosos'' não combinam com a ideia de ''carência''.
O Universo não vai dar algo porque está com ''pena'' de você...
Sabem aquela incompreendida frase bíblica segundo a qual ''os que tem possuirão ainda mais coisas, e aos que pouco tem lhes será retirado tudo''( esta não é uma citação literal; não sou um ''expert'' em textos religiosos...)?
Para conquistar algo você precisa, antes, ''possuir'' aquela coisa no seu íntimo, na sua mente...
Ao invés de ''reduzir-se'' para tentar adaptar-se ao sonho de outras pessoas, a noção de ''alinhamento'' define-se por uma outra conduta: você tem de ''crescer''( no plano interno primeiro)para ''caber'' no seu plano ''grandioso''...
Pense no seu sonho como uma ''noiva''( ou ''noivo''). Você quer ''seduzir'' esta coisa. Mostrar-se ''à altura'' dela. Você ''vibra'' quando está perto dela/dele. Nenhum ''esforço''/''empurrãozinho'' externo é necessário aqui, pois você se ''enamorou'' de cara, à primeira vista...
''Apaixone-se'' pelo seu sonho como se fosse esta ''pessoa especial''...
Pense nela. Sonhe com ela. Fale dela para todos: do quanto a ama, do quanto é bom viver com ela, do bem que ela faz a você.
Ao invés de ''lutar'' com o hoje, com o ''indesejável'', imagino uma forma de ''conquista'' que passa pela ''transcendência''/ superação da situação material presente através da introdução de uma nova situação ''emergente''...
''Plante seu sonho'' como se fosse uma árvore, com a certeza de que ele INEVITAVELMENTE acontecerá...
Ao invés de ''conflitos'' desgastantes, falo em uma ''substituição'' gradual e progressiva daquilo que você ''não quer'' por aquilo que você QUER...
Vai dar certo? 
O que temos a perder?
Alcnol.

Expressões destruidoras de ''bloqueios'': a melhor delas é ''por que não''?

E você: utiliza mais o ''por que não?'', ou o ''por que sim?''.

Nova vez voltado para a Ilha, este é o visual...


Hora do pôr-do-sol, sempre a melhor hora do dia...Em Nova Iorque não é diferente...A impressão que dá é que o sol se põe ''atrás'' da Estátua da Liberdade...


Símbolo dos Estados Unidos, a águia está por todas as partes da ilha de Manhattan...


Às margens do rio, no Sul da Ilha de Manhattan: outra bela homenagem a soldados norte- americanos mortos em conflitos armados...


terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Vários planos paralelos: ou a vantagem de ''soltar todos os cavalos'' ao mesmo tempo, e esperar que o melhor de todos vença o ''páreo''...

''Já afirma aquele velho dito popular: ''nunca coloque todos os seus ovos numa mesma cesta''.
Mais do que prevenir acidentes, há uma clara vantagem em- por determinados momentos- ''dispersar'' a nossa força em projetos paralelos.
Isto é útil quando ainda não temos uma ideia nítida do que queremos...
Você quer ser Advogado ou músico?
Pode ser que você esteja em pleno curso de Direito, e alimente ao mesmo tempo um projeto paralelo com uma banda de amigos...
Acompanhe as duas propostas. Veja qual se encaixa melhor em seu projeto de vida. Veja se, sobretudo, há como sobreviver com base apenas em uma delas...
No meu dia-a-dia, acostumei-me a pensar em POSSIBILIDADES. Em ''planos B''( ou ''C'')para resolver problemas mais complexos.
Como na letra da antiga música( das ''Frenéticas'' ), ''abra suas asas, solte suas feras''...
Afinal, nunca se tem certeza acerca de muitas coisas. Quem garante que um dos seus inúmeros planos não é ''aquele'' que uma dia você mesmo dirá ser a proposta ''da sua vida''?
Há várias formas de se, como no título deste post, ''apostar em vários cavalos''.
Uma é no plano mental. Abra-se para outras propostas que não sejam as que você normalmente apreciaria. Leia um livro diferente. Vá a um lugar que não frequenta no dia-a-dia. Ouça pessoas que pensem de um modo completamente diverso ao seu. VIAJE mais...
Outra é por meio de ações. Como no caso do curso e da banda de rock. Isto é ''dispersar forças''? Vai contra a ideia, relevante, de ''foco'' naquilo que fazemos?
Certas horas há vantagens manifestas em ser ''multi-tarefa''. No mundo de hoje, isto é quase um ''pré-requisito'' para conseguir sobreviver...
''Solte seus cavalos'', digo, planos, e veja qual vai cruzar primeiro a ''linha de chegada''...
Como tudo o que eu digo, esta não é uma ''regra geral''- algo a ser praticado em todos os momentos, todas as horas- e sim algo a ser EXPERIMENTADO...
Tente. O que é que você tem a ''perder'' com isto?
Mais foco. Mais planos e projetos paralelos. Estas não são coisas incompatíveis...
Alcnol.

Uma breve olhada para o rio...De cara, não dá para identificar onde está a Estátua da Liberdade...Mas continuaremos ''tentando''( mais, a seguir...).


Caminhada à beira do rio, no extremo-sul da Ilha de Manhattan...


À beira do rio, no Sul de Manhattan. Olho para um lado, e este é o visual...


Se não estiver gostando muito do que está vivendo, não seja ''fiel'' a isto...

''O que é ''fidelidade''?
Em um relacionamento, espera-se do outro um compromisso.
Ser ''fiel'' é sinônimo de priorizar a outra pessoa acima de tudo. Não flertar. Buscar estar ao lado dela o máximo possível. Querer que a relação continue.
Por mais ''inconveniente'' que isto possa parecer, tem seus benefícios. Se agimos bem, esperamos o mesmo por parte daquela pessoa com quem estamos romanticamente envolvidos...
Olhar para o lado, mesmo que ela não esteja presente, já é ''trair''( em pensamento )...
Entrar em sites pornográficos, ou em busca de outros parceiros amorosos também é ''trair''- mesmo que a outra pessoa não tenha conhecimento disto...
Mas o tema deste post não é o amor.
Defendemos uma espécie de ''infidelidade'' aqui, que não se aplica ao terreno das relações amorosas...
Se não estiver plenamente satisfeito/a com o que está vivendo, seja ''infiel'' a esta ''realidade''...
''Olhe para o lado''. Veja outras possibilidades e campos de atuação. Faça cursos, ou concursos diferentes...
Ninguém é obrigado a permanecer naquilo que não quer...
Toda ''traição'' começa primeiro no pensamento. Em cogitar uma situação diferente. Aceitá-la, em tese.
Simplesmente pensar em fazer algo diverso é uma boa ''válvula de escape'' em situações difíceis. Muitas estórias de sucesso começaram assim.
 Esta simples ferramenta fará com que você não se desgaste excessivamente, tentando ''apagar incêndios'' intermináveis no lugar onde está neste momento...
Acredite: isto não vai ''melhorar''...
Ao invés de apostar naquilo em que não acredita, defendo a ''descartabilidade'' daquilo que não começa bem...Não pense em ''reformar'' coisas em que não acredita...
''Traia'' o que não quer, mesmo que em pensamento primeiro, e seja ''fiel'' apenas àquelas coisas que cativarem plenamente o seu coração.
Se não estiver inteiro/a em algo, AMAR esta coisa por completo, ''descarte-a'' assim que puder- e parta em direção àquilo que mais quer fazer.
Amar o que estamos fazendo é sempre um sinal de que estamos na ''direção correta''...
Alcnol.